Cantine Aperte 2009 - Monferrato

No domingo passado, dia 31 de maio, aconteceu em toda a Itália um evento chamado Cantine Aperte, aonde as vinícolas, que fazem parte do Movimento Turismo do Vinho, abrem suas portas para o público.

Meu destino este ano foi a região de Monferrato, no Piemonte.
Visitei a cantina Vicara, que fica na cidade de Rosignano Monferrato.



Veja como foi:

Cheguei por volta das 11 horas da manhã.



Fui recebida pelo proprietário, Carlo Cassinis e sua filha Adriana. Já havia um grupo de jovens no local e me juntei a eles para visitar as instalações da cantina.
A primeira parada foi aonde acontece a fermentação dos vinhos.



Depois passamos para a parte reservada à expedição, onde eles são engarrafados, etiquetados e embalados.



Visitamos também a área onde os vinhos envelhecem. No caso da cantina Vicara, a climatização ocorre naturalmente, proveniente da umidade de uma grande rocha existente no local.



No final, subimos para a sala de degustação.
Começamos com o vinho branco, o Airales Monferrato DOC 2007, produzido com Uvas Cortese, Chardonnay e Sauvignon.



Passamos, então, para os tintos.
O primeiro foi o Grignolino del Monferrato Casalese DOC 2007. Vinho leve e que acompanha muito bem pratos à base de peixe!



Depois degustamos os vinhos de Uva Barbeira, começando com a versão mais leve, e ligeiramente frisante, o Barbera del Monferrato DOC 2008 Vivace, seguido por um com mais estrutura, o Barbeira del Monferrato Superiore DOC 2005 e finalizando com o estruturado Rubello Monferrato DOC 2003, que, além da Barbeira, leva um pouco de Uvas Nebbiolo e Cabernet Sauvignon e passa por um envelhecimento de mais de três anos antes da sua comercialização.

A vinícola também produz um vinho Rose com Uva Barbeira, muito interessante, chamado Chiaretto.

Para fechar a visita com chave de ouro, o proprietário da cantina, Carlo Cassinis, foi buscar um espumante Rose método clássico que começou a ser produzido há pouco tempo e deve ser comercializado daqui a dois anos.
O espumante, que ainda não tem nome definido, estava no meio de sua segunda fermentação, aquela que acontece na garrafa e é responsável pela produção das borbulhas.
O resultado não podia ser outro, vinho aberto e espuma para todo lado...
Fomos todos abençoados com algumas gotas da bebida de Bacco!



Resumindo
Vale à pena participar de eventos onde os proprietários das vinícolas abrem suas portas para visitação. Você aprende uma série de detalhes sobre a produção dos vinhos, tem a oportunidade de degustá-los e pode adquiri-los a preços excelentes...

Links
Vicara: http://www.vicara.it/

Autora: Adriana Grasso
Contato: adriana.grasso@uol.com.br

1 comentários:

  1. anto disse...

    Adriana !
    Você mencionou uva Barbeira, não seria Barbera??  


 

Vinhos Italianos por Adriana Grasso