Uvas Típicas do Piemonte - Parte 1

Para Fabricar Vinhos Tintos



Barbera - conhecida pelo seu alto índice de acidez e baixo tanino; a mais cultivada da região do Piemonte e produz vinhos de diferentes estilos e aromas
Dolcetto - possui baixa acidez e níveis médios de taninos; produz vinhos de cor rubi intensa e para consumo ainda jovem
Grignolino - uva com bons índices de tanino; produz vinhos secos para serem consumidos quando jovens e de cor rubi desbotada
Nebbiolo - considerada a uva mais nobre da região, possui taninos firmes; usada para produzir vinhos complexos e de longo envelhecimento, como Barolo, Barbaresco e Gattinara.

Para Fabricar Vinhos Brancos



Arneis – acidez moderada; produz vinhos com personalidade, elegância e aroma frutado que devem ser consumidos ainda jovens
Cortese – produz vinhos agradáveis, muitas vezes frescos e leves, ou mais complexos e estruturados; é a uva-base na fabricação do vinho Gavi di Gavi
Moscato - geralmente utilizada na produção de vinhos de sobremesa frisante ou espumante (Asti)

Autora: Adriana Grasso
Contato: adriana.grasso@uol.com.br

2 comentários:

  1. Paulo Fontes Martinho disse...

    Adriana Grasso,
    qual destas uvas é a mais usada em vinho? Estou começando a conhecer a vinicultura agora...
    Obrigado.  

  2. Adriana Grasso disse...

    Paulo,
    A uva de maior produção no Piemonte é a Barbera. Com ela se faz o vinho do "dia a dia" do Italiano.
    Um abraço,
    Adriana  


 

Vinhos Italianos por Adriana Grasso