Conheci Salvatore Ferragamo, o filho mais velho de Ferruccio Ferragamo, em 2004. Representei no Brasil, de 2004 a 2007, os vinhos produzidos por sua família na Itália.



Durante este período tive o prazer de me hospedar, a convite dele, no Il Borro (burgo medieval com mais de 1.000 anos, completamente restaurado e muito luxuoso) e de visitar as instalações de sua vinícola (que recebe o mesmo nome).
A propriedade fica na Toscana próximo a Arezzo, Firenze e Siena. A localização é ótima e serve como base para visitar toda a região.



A Família adquiriu o local em 1993 e fez um impressionante trabalho: na recuperação dos vinhedos, na construção de uma moderna e bem equipada vinícola e na restauração do Burgo Medieval.



O resultado não poderia ser outro: um lugar belíssimo, que produz vinhos modernos e de alta qualidade, sem deixar de lado o equilíbrio entre terroir e tradição.

A entrada da propriedade é típica da região: uma estrada cercada por altos ciprestes muito bem cuidados.



Ela dá acesso a vinícola e ao agriturismo, local onde é possível passar férias no campo com o luxo de um hotel.
Existem várias opções de hospedagem. Você pode optar por uma vila inteira (a maior possui dois andares e fica num terreno de 700 hectares repleto de jardins)...



... ou por uma das acomodações dentro do Burgo e separadas do restante da propriedade por uma charmosa ponte medieval.



Fiquei hospedada dentro do Burgo, no Borro Berti (sala, dois quartos, cozinha e um luxuoso banheiro). No local existem lojas, antiquários e é possível ver artesãos trabalhando em suas oficinas.
Um verdadeiro passeio no tempo.

A noite, recomendo um jantar no restaurante que fica fora do Burgo, logo após a ponte, chamado Osteria del Borro. A cozinha é tradicional Toscana e de ótima qualidade. Na hora de escolher o vinho opte pelos produzidos no local, o branco Lamelle e os tintos Pian Di Nova, Il Borro e Polissena.

O Il Borro coloca à disposição de seus hóspedes passeios voltados à degustação de vinhos em outras famosas regiões vinícolas como Chianti, Montalcino e Montepulciano. Também oferece excursões para Firenze, Siena, San Gimignano, Assis, Pisa, Arezzo ou Cortona. É possível passear de Balão, jogar golf, praticar equitação...
Diversão com sofisticação garantida!

Saiba Mais
O Il Borro produz 4 tipos de vinhos: o branco Lamelle (100% chardonnay) e os tintos: Polissena (100% sangiovese), Pian di Nova (75% syrah e 25% sangiovese) e o Il Borro (50% merlot, 35% cabernet sauvignon, 10% syrah e 5% petit verdot).
O enólogo responsável é o competente Nicolò D’Afflitto.
Pesquisei na Internet e encontrei um novo importador para estes vinhos no Brasil: a Épice Impora. Pelo que li no site Difundir, eles trazem o Il Borro e o Polissena para cá.

Importante
Todas as fotos do Il Borro foram tiradas durante minha estadia por lá, em abril de 2005.

Links
Il Borro: http://www.ilborro.it/
Importadora Épice: http://www.epice.com.br/
Osteria del Borro: http://www.osteriadelborro.it/

Autora: Adriana Grasso
Contato: adriana.grasso@uol.com.br

6 comentários:

  1. marcela disse...

    Oi Adriana,
    Trabalho para a importadora Épice, os vinhos da Il Borro vão estar disponíveis no Brasil a partir de abril.  

  2. Adriana Gomide disse...

    Adriana, qual é o procedimento para visitar este lugar?  

  3. Nosso Vinho disse...

    Owwwwhhh
    Que Post legal.
    parabéns  

  4. vinhositalianos disse...

    Adriana Gomide,
    Você pode conseguir detalhes para se hospedar no Il Borro no site www.ilborro.it - na opção Accomodation, ou ligar diretamente para lá: +39 055 977053.
    Baci,
    Adriana Grasso  

  5. Adriana Grasso disse...

    Obrigada pela Informação Marcela.
    Já avisei também no Twitter que os vinhos do Ferragamo estarão disponíveis em abril no Brasil.  

  6. Ricardo Mogne Braga (kaka) disse...

    nao sou um aperciador de vinho, pois ainda n consegui encontrar o paladar, mas vou tentando.com mta certeza o Il Borro vai ser uma dessas minha tentativas.boa sorte.....yasmin  


 

Vinhos Italianos por Adriana Grasso